Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

sempresolitaria

sempresolitaria

31
Mar20

Passarinho na gaiola

Sempre Solitaria

Nestes dias somos (quase) todos passarinhos numa gaiola, a querer voar, abrir as asas e sentir o vento nas penas e o sol a aquecer o nosso corpo. Mesmo a Primavera mal chegou, foi posta também de quarentena. Os outros passarinhos andam pelas ruas, a fazer o ninho, a voar e a cantar. Enquanto que nós na gaiola só observamos o mundo pela janela, e sonhamos com melhores dias.

Passarinho preso na gaiola                 com vontade de voar                                   quer tanto dar à sola                                  e ter histórias para contar                          baloiça tanto na rede                                  Pede para o vento ajudar                        no fundo tem uma sede                           de vir para fora e voar                               Aconteceu tudo num instante                   não deu tempo para pensar                     Caiu a gaiola da estante                             e o passarinho saiu a voar                       Voa voa para longe daqui                         com as asas ao sabor do vento               Passa perto de algum jardim                 Vai e não tenhas medo                              Voa voa para lá do horizonte                     não olhes para trás                                      desfruta da paisagem do monte              encontra sossego e paz                         Vê se tens cuidado                                   ao descobrir o mundo                          para não seres apanhado                         e tudo acaba num segundo 

 

26
Mar20

Incerto

Sempre Solitaria

Pensamentos aleatórios e vagos passeiam pela minha mente, deixam- me cansada e aflita. Quero paz e ouvir o silêncio que é amigo e sábio. O barulho pode voltar noutra altura, talvez tardiamente mas volta e tem que voltar. Tenho saudades, nem sei bem de quê ou de quem, mas tenho saudades de tudo e de todos, de tudo e de nada. Penso no passado em demasia, nas pessoas que gostava de conhecer melhor, de me ter dado a conhecer melhor mas afastei-me. Porque é que fiz isso? Afastei me de tudo e de todos e não ganhei nada com isso, só perdi tempo e momentos! Porque é que custa pedir ajuda? Porque é que custa aceitar ajuda? 

E aquele beijo? Que era meu e nunca o recebi, assim como aquele abraço era meu por direito. Esperei tanto e nada veio, porque é que esperamos por coisas que nunca chegam? Eu sei que não sou de afectos mas sinto falta, podemos sentir faltar do que nunca tivemos? É verdade, sinto falta de beijinhos, abraços e miminhos na cara coisas que nunca estive habituada mas não sei como reagir ou sentir, se alguém me abraçar. Sim, eu sei, sou uma pessoa muito estranha que ainda não ganhou juízo!

 

22
Mar20

Simplesmente procuro

Sempre Solitaria

Parece que ontem foi o dia da poesia, por isso aqui vai uma espécie de poema escrito por mim algum tempo. Espero que gostem.

Procuro a bondade

Procuro a compaixão

Um sentimento de lealdade

Vindo do coração

Procuro a alegria

Procuro a verdade

Num lugar de harmonia

E amizade

Procuro o amor

Procuro o respeito

Algo com valor

Que todos têm direito

Procuro a humildade

Ter os pés no chão

Procuro a saudade

E a emoção

Procuro a simpatia

E um pouco de calma

Experimentar a filosofia

Que alimenta a alma

Procuro a tranquilidade

Espero recordar

Todos os momentos de felicidade

E toda a paz que possa encontrar

 

21
Mar20

Nova era

Sempre Solitaria

Estou estupefata pelos acontecimentos recentes. Nunca pensei que o mundo inteiro tivesse que entrar em quarentena. 

Estamos num filme sem fim à vista!

E de ficção científica, a luta dos cientistas, técnicos de laboratório a trabalhar afincadamente para encontrar a tão desejada vacina. É um drama médicos e enfermeiros lutam por cada vida, e lutam contra o cansaço e a preocupação de não saberem como está a própria familia . Não esqueço os farmacêuticos, que também estão na linha da frente, a gestão que têm que fazer com o material e os medicamentos disponíveis. Os bombeiros continuam a ajudar quem mais precisa. 

É um drama o que milhões de famílias estão a passar, separadas pela distância, em muitos casos estão em países diferentes, sem puderem auxiliar ou dar apoio. 

Atualmente vivemos neste suspense, não sabemos quanto tempo vai durar a quarentena, as consequências e o depois. Vivemos com medo, num clima de terror e de pânico, sem saber bem o que fazer e o que pensar.

No entanto temos que rir,  vida e os dias não podem ser sempre cinzentos e a comédia faz parte da existência. Assim como o mistério, espero que um dia alguém explique a loucura com o papel higiênico.

Para desanuviar é melhor ver filmes com histórias mais leves, e esquecer um pouco a tragédia que vivemos.

Que a força esteja connosco!

 

 

08
Mar20

Dúvida

Sempre Solitaria

Hoje comemora- se o dia internacional da Mulher! E eu fico com a dúvida, é o dia da Mulher ou do sexo feminino?

Quando é que uma menina torna-se Mulher? Quando fica menstruada? Quando perde a virgindade? 

Hoje é o dia da Mulher e não da menina. Quantas meninas são fortes e dão-nos lições de vida, quantas meninas no mundo que não têm o direito a irem a escola? Quantas meninas no mundo são obrigadas a casar com homens mais velhos? Quantas meninas no mundo que são mutiladas? 

As Mulheres e as Meninas ainda  não são respeitadas pela sociedade ,  ainda não alcançaram o direito da igualdade . 

E as pessoas que sentem que nasceram com o sexo errado? Este dia é de quem nasce mulher ou mais tarde sentem- se mulher?

É pena que seja necessário dias específicos disto e daquilo, para a sociedade refletir nas coisas que estão mal.

As Mulheres continuam a ser alvo de violência, discriminação salarial e sentem pressão da sociedade para serem perfeitas mães, profissionais, donas de casa e que cuidam da familia com um sorriso.

Espero que tenha sido um excelente dia da Mulher ou do gênero feminino, para todas as mulheres e meninas do mundo.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

03
Mar20

Recordar

Sempre Solitaria

O teu corpo frio e vazio de vida, quieto e sossegado e tu embarcas numa nova viagem.

Num instante tudo ficou diferente, demasiado calmo. 

Sonhos e promessas ficaram eternamente a pairar pelo ar, e tu? Aonde foste? Aonde estás? 

Não consigo esquecer aquela imagem do teu corpo, caído e cansado de esperar por melhores dias. Tantas vezes o teu corpo foi palco de transformações, de vida e de desencanto. 

Chegou ao fim um ciclo e começa outro, nem sei de quê. Só sei que chegou o teu fim, e o teu corpo tem o repouso merecido. 

02
Mar20

Apresentação

Sempre Solitaria

Olá. Sou a Solitária, uma alma perdida como tantas outras, a vaguear por aí em busca do meu lugar no mundo.

Nas mais variadas formas, a Vida e o Universo falam connosco, numa tentativa de nos orientar pelo caminho certo. Enviam pistas e sinais a que temos que descodificar. Ultimamente senti que as pistas berravam "cria um blog". E aqui está o meu blog, o meu cantinho e o meu baú. 

Por aqui , vão encontrar reflexões , pensamentos e opiniões . 

Quem vier por bem, seja bem vindo.  

01
Mar20

Sentido

Sempre Solitaria

Prisoneira do meu próprio medo continuo eu, tento e tento soltar  as amarras que prendem as minhas asas e impedem me de voar.

Tenho que voltar a encontrar a minha voz e seguir em frente. Deixar as más energias para trás e enfrentar os meus medos, e os maus pensamentos. Um por um.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub