Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

sempresolitaria

sempresolitaria

25
Fev21

Desaparecida

Sempre Solitaria

Ninguém se lembra da última vez em que a viram, nem do dia e nem da hora. Ela desapareceu, de um dia para o outro sem testemunhas. Simplesmente desapareceu. Encheram paredes de cartazes, pedidos de ajuda online e realizaram buscas. Usaram cães pisteiros, verificaram todas as pistas que eram falsas e até foram à bruxa! Nada dela. Nenhum sinal nem avistamento. Aonde andas Esperança que tanta falta fazes à humanidade!

22
Fev21

Retalhos

Sempre Solitaria

Como pequenos tecidos de diferentes cores e padrões, unidos com linha fina branca transformados numa colcha de retalhos, assim é a vida!

Os dias são diferentes com tonalidades diversas, assim como as tiras de tecido de qualidades distintas e cores variadas.

Cada momento vivido pequeno ou grande , bom ou mau, alegre ou triste unidos é a vida a acontecer. 

21
Fev21

Nada

Sempre Solitaria

Fecho os olhos e imagino como é ser nada, como é não ser. Não sentir rigorosamente nada, nem ser nada. Não sentir emoções, nem pensar em nada. Não ser, não existir. Antes de nascer, não somos nada, não temos corpo nem alma, nem pensamento. O que é que somos afinal? Memórias, vivências e recordações , temos passado e caminhamos para um futuro incerto. Um dia , seremos apenas uma lembrança para quem nos conheceu e recorda se de nós. Quando não existir quem se lembre de nós, é como se nem sequer tivéssemos existido. 

19
Fev21

Amor

Sempre Solitaria

Deitada no sofá com o corpo cansado, a alma doente e a mente bloqueada, fecho os olhos mas continuo a ouvir os sons vindos da televisão. Sinto um leve afago na cabeça e de seguida um beijo dado aos meus cabelos. Abro os olhos e vejo o sorriso dele, embaraçado e o olhar doce. É bom estas conversas no silêncio. Pedes me desculpas por me teres acordado, e eu sorrio de volta. Agarras-me ao colo e levas me até ao quarto, e com jeito deitas me na cama como se eu fosse frágil. 

Lado a lado na cama a olhar um para o outro adormeco pacificamente. Sinto me em segurança e em paz.

Acordo no sofá confusa e demoro tempo para perceber que tudo não passou de um sonho. Oh meu amor, tu não existes. Ou talvez sim , talvez estejas no outro lado do mundo. Talvez sintas um vazio no coração, talvez sintas falta de algo que te complemente. Continuo sozinha na sala, a televisão desligou se automáticamente. Levanto me para o quarto para voltar a sonhar contigo ou para ter novos sonhos.

11
Fev21

Solidão

Sempre Solitaria

Vivo uma relação de longa duração com a temida solidão. Temida porque muita gente tem pânico de estar só, eu habituei me mas exagerei na dose. Sempre lado a lado, caminhamos na mesma direção por caminhos impensáveis e monótonos, eu e a solidão. Desde sempre e provavelmente para sempre, eu e a solidão sempre juntas de mãos dadas, até onde quer que o destino nos leve. O pior de viver na solidão é a habituação, e custa imaginar a vida de outra maneira apesar de eu desejar viver uma vida diferente.

Na verdade o que dói mais, é sentir que as pessoas acham normal a minha solidão. Gosto de ter momentos de silêncio e de introspecção, e até aprecio a minha companhia. No entanto sinto a falta de ouvir barulho, sentir outras energias e conhecer pessoas.

Por aqui continuamos unidas, eu e a solidão.

05
Fev21

Perdoar

Sempre Solitaria

Pequenos fios enrolados no coração, com nós minúsculos magoam ao mais leve movimento. Não existe cirurgia para retirar os fios, nem medicamentos para resolver o problema. Os fios são insignificantes mas doem e fazem doer. Os fios são mágoas marcadas no coração, e os nós são momentos gravados na memória, histórias de quem nos fez mal e nos fez sofrer. Para desenrolar os nós, um a um, temos que perdoar a quem nos fez chorar e seguir em frente. Custa muito mas é a única forma de retirar os fios que apertam o nosso coração. Perdoar não é esquecer.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub